O recrutamento constitui o modo de captação de Candidatos a Dirigente no Corpo Nacional de Escutas, o qual culmina com a respetiva Promessa de Dirigente.

O Perfil do Adulto no Escutismo, acima descrito, constitui o referencial de base, em articulação com as normas regulamentares e no respeito pelos estatutos, no recrutamento de Candidatos a Dirigente no Corpo Nacional de Escutas.

Recrutamento Interno e recrutamento Externo

O recrutamento de Candidatos a Dirigente pode ocorrer entre indivíduos com ou sem percurso escutista anterior.

Considera-se recrutamento interno o recrutamento de Caminheiros/Companheiros, do Corpo Nacional de Escutas, que tenham recebido a Partida, ou atingido a idade máxima definida para a permanência no Clã/Comunidade, passando a designar-se Noviço a Dirigente.

Considera-se recrutamento externo o recrutamento de todos os demais indivíduos, independentemente de terem tido ou não percurso escutista anterior, passando a designar-se Aspirante a Dirigente.

Discernimento e seleção

O processo de recrutamento visa o discernimento vocacional do Candidato face à missão do Adulto no Escutismo e a seleção dos Candidatos pela Associação.

Recrutamento e Desenvolvimento Pessoal

O processo de recrutamento deve ser perspetivado também como um fator de desenvolvimento pessoal do Candidato.

Fases do recrutamento de Dirigentes

O recrutamento pressupõe as seguintes fases:

(i) Captação;
(ii) Convite;
(iii) Encontro Inicial;
(iv) Apresentação;
(v) Integração;
(vi) Percurso Inicial de Formação;
(vii) Promessa de Dirigente.



Ultima atualização 24.11.2016 Visualizações 3620
Voltar Partilhar