© Cláudio Noy

Catálogo Nacional de Formação Escutista

O Catálogo Nacional de Formação Escutista constitui o referencial de conteúdos da formação do Sistema de Formação de Adultos no Escutismo do Corpo Nacional de Escutas, sendo o repositório dos módulos de formação sendo composto pelos diversos módulos previstos para o Percurso Inicial de Formação (numa primeira fase), e para a Formação Contínua (numa segunda fase a iniciar futuramente).



Exemplos de Oportunidades de Formação:

Sistema de Progresso dos Exploradores
Mística e Simbologia Escutista
A Promessa Escutista
Desenvolvimento Psicomotor do Adolescente
O Diagnóstico e Avaliação no Processo Educativo
A Relação com os Pais na III Secção
A Vivência do Projeto Pessoal de Vida
Caraterização Sociológica dos Lobitos


Exemplos de Oportunidades de Formação:

Aprofundamento de Conhecimentos sobre a Eucaristia
A Palavra de Deus na Atividade Escutista
Caminhada Quaresmal e Pascal
História da Igreja
O Sacramento da Reconciliação no Projeto Educativo da Secção
Modelos de Vida – Vivência e Integração no Projeto da Secção
Relação Catequese-Percurso Escutista: uma Perspetiva Integradora
Os Patronos
Fé e Ciência – Complementaridade e Vivência

Exemplos de Oportunidades de Formação:

O SIIE
A Angariação de Fundos no Agrupamento
Gestão de Conflitos
Relação Agrupamento – Comunidade Local
Protocolo e Relações Institucionais
Formação e gestão de Equipas de Adultos
Recrutamento
Planeamento Estratégico
Técnicas de Auto e Heteroavaliação
Responsabilidade Civil e Legislação relevante para a Atividade Escutista
Relacionamento com os Encarregados de Educação

Exemplos de Oportunidades de Formação:

Animação de Fogo de Conselho
Jogo de Pistas
Códigos e Mensagens
Painel de Progresso
Danças da Selva
Jogos para a Gestão de Conflitos
Dinamização de Reuniões com Jovens / com Adultos
Critérios para Preparação de Atividade Escutista
As etapas da Aventura: Animação
Técnicas de Comunicação

Exemplos de Oportunidades de Formação:

Acampamento Escutista
Pioneirismo
Construções
Orientação
Geo-cache
Ciclo-raid
Rappel
Canoagem
Artesanato em Barro
Cozinha em Campo
Jogos Náuticos
Construção de Jangadas
Navegação

Exemplo de oportunidades de formação:

Estilos de Aprendizagem
e-Learning e b-Learning
Aferição de Necessidades de Formação
Planeamento de Momento Formativo
Política de Formação de Adultos
Avaliação
Impacto da Formação
Abordagem Sistémica da Formação
Qualidade e Formação
Metodologias Construtivistas na Formação



Sistema de Créditos
Cada uma das oportunidades formativas exemplificadas conferirá créditos, em função da sua duração e do trabalho desenvolvido por parte do formando.

É responsabilidade de cada Dirigente organizar o seu percurso formativo, selecionando, em conjunto com o seu Chefe de Agrupamento, a Direção de Agrupamento ou os responsáveis regionais ou nacionais pela formação, consoante os casos, as oportunidades de formação que pretende, ou é chamado a frequentar.

Pretende-se que, anualmente, um Dirigente obtenha, de entre as áreas de formação listadas acima, o número de créditos que lhe seja proposto ou definido.

Pode ainda ser creditada como válida formação que o formando obtenha noutros movimentos ou instituições.
Toda a formação será registada no registo de formação do Dirigente, integrado no SIIE.


Reconhecimento da Formação
O reconhecimento da formação tem por objetivos:

• Reconhecer oportunidades de formação úteis para a educação e formação contínua dos Adultos no Escutismo do Corpo Nacional de Escutas;
• Validar oportunidades de formação quanto aos seus objetivos, conteúdos e métodos;
• Reduzir o esforço de desenvolvimento de oportunidades de formação, através de uma maior uniformização das mesmas;
• Avaliar/valorar quantitativamente as oportunidades de formação de acordo com os critérios definidos.

O reconhecimento da formação processar-se-á de acordo com um conjunto de normas e critérios definidos pela Junta Central, cuja aplicação lhe compete, podendo ser delegada.

A Junta Central manterá um acervo de recursos formativos (unidades/módulos formação, cursos, entre outros) denominado Catálogo Nacional de Formação Escutista, recursos que estarão disponíveis para utilização nas estruturas do Corpo Nacional de Escutas. Todas as estruturas são corresponsáveis pelo enriquecimento, diversificação e aprofundamento, deste acervo, ao qual terão acesso.

Os processos de reconhecimento incidem sobre oportunidades de formação internas ou externas à Associação, consoante sejam organizadas pelo Corpo Nacional de Escutas ou por outros organismos, respetivamente.

Ultima atualização 24.11.2016 Visualizações 7325
Voltar Partilhar