© Pedro Pimenta

Acampamento Regional de Braga - Jul. 2016

Mais de 4.100 escuteiros acampam na Ilha do Ermal

Entre os dias 1 e 7 de agosto, a Região de Braga do Corpo Nacional de Escutas reúne-se no Acampamento Regional, juntando mais de 4.100 crianças, jovens e voluntários adultos.

Lisboa, 22 de julho de 2016

Entre 1 e 7 de agosto, na Ilha do Ermal, mais de 4.100 crianças e jovens da região de Braga do Corpo Nacional de Escutas vão viver à semelhança de S. Francisco de Assis, procurando ser “Um Escuteiro diferente”.

O acampamento regional (ACAREG) é a atividade de referência da Região de Braga e acontece de 4 em 4 anos.

Este ano, o tema escolhido é sobre a Conversão de S. Francisco de Assis, e os jovens escuteiros são chamados a ser “Com Francisco, um escuteiro diferente”.

Ao longo de 7 dias vão viver um sonho, percorrer um mundo diferente, de aventuras, amigos, descobertas e muita animação. Todos são desafiados a superar os seus limites, a aprender cada vez mais, desenvolver a sua autonomia, proatividade e responsabilidade.

Nas propostas pedagógicas para as diferentes faixas etárias constam as mais diversas atividades, todas enquadradas no método escutista e no ideal das várias etapas de vida de São Francisco: jogos e atividades aquáticas, oficinas diversas, caminhadas, serviço às populações próximas, jogos culturais, entre muitos outros.

Hugo Cunha, Chefe Regional de Braga, acredita que os participantes sejam capazes de, no final do acampamento, serem diferentes para com os outros, despertando consciências para a importância do exemplo, sendo estes mais autónomos e mais responsáveis, incutindo a proatividade e a necessidade de mudança, num compromisso de deixar o mundo um pouco melhor.

Os mais de 4.100 participantes estão divididos pelas 4 faixas etárias (Secções) do CNE, e são acompanhados diretamente por mais de 460 responsáveis adultos, e ainda 290 voluntários nas áreas de staff e apoio geral de campo.

O Corpo Nacional de Escutas
O Escutismo é um Movimento mundial, fundado em 1907, em Inglaterra, por Baden Powell, com o intuito de proporcionar aos jovens uma formação global, de modo a serem cidadãos participativos e responsáveis nas suas comunidades. 

O Escutismo é um movimento educacional e formativo, uma escola de ensino não-formal, criado com o propósito de contribuir para a educação integral das crianças e jovens de ambos os sexos, baseado na adesão voluntária a um quadro de valores expressos na Promessa e Lei escutistas, através de um método original que permite a cada jovem ser protagonista do seu próprio crescimento, para que se sinta plenamente realizado e desempenhe um papel construtivo na sociedade.

O Corpo Nacional de Escutas (CNE) - Escutismo Católico Português, foi fundado em 27 de maio de 1923, e é a maior associação de juventude em Portugal, com mais de 73.400 Escuteiros, distribuídos por cerca de 1030 Agrupamentos, em todas as regiões do país.

O CNE é uma instituição reconhecida de Utilidade Pública pelo Governo, desde 1983. É um movimento da Igreja Católica, cuja fé e doutrina assume, proclama e defende, a ela vinculado nos termos da Carta Católica do Escutismo.

O Corpo Nacional de Escutas tem como órgão de informação oficial a “Flor de Lis”, que apareceu em Fevereiro de 1925, sob a forma do jornal e em 1945, apresentada em forma de Revista, assim permanecendo até aos dias de hoje. Nos Açores o meio de comunicação regional que nasceu em 1982, sob a forma de folhetim, foi“O Açor”, hoje Newsletter, com divulgação via Internet.

Mais informações contactar:
Gabinete de Imprensa do CNE
gi@cne-escutismo.pt
+351 927 246 911

 

Ultima atualização 28.11.2016 Visualizações 1559
Voltar Partilhar