© Gonçalo Vieira

Maravilhas do Método

Como disse Baden-Powell “O jogo é o primeiro grande educador” e “para o rapaz, o jogo é a coisa mais importante da vida”. É de facto através do jogo que o método escutista se materializa. Este método assenta em sete características essenciais de que não podemos abdicar e que consideramos maravilhosas, por constituírem a base do Método Escutista: são as “Sete Maravilhas do Método Escutista”.

Na Expedição cada uma destas maravilhas tem a missão de educar, promovendo o desenvolvimento dos adolescentes através do jogo.

Estas são as bases: as Sete Maravilhas do Método Escutista:


 

Em cada secção, cada uma destas “Sete Maravilhas do Método Escutista” deverá ser aplicada de modo distinto, de acordo com as caraterísticas próprias de cada faixa etária e tendo em conta o grau de autonomia, maturidade e responsabilidade de cada criança, adolescente ou jovem.

 

A Lei e Promessa são os meios de transmissão de valores do método escutista. Com as crianças/jovens a postura da equipa de animação deverá ser a de apresentar a Lei tal qual ela é, sem facilitismos, mas demonstrando sempre confiança em que o explorador/moço se esforçará cada vez mais por cumprir a Lei.

 

A Mística e Simbologia complementam-se para que exista um enquadramento espiritual, temático e simbólico, como bases à vida e vivências das atividades escutistas. A Mística da 2.ª secção centra-se no “explorador que aceita a Aliança que o conduz à descoberta da Terra Prometida”, com o imaginário “do explorador que parte à descoberta” e um conjunto de símbolos, modelos e figuras. Assim é importante que o Dirigente assuma estes elementos e os torne as bases essenciais das atividades com os exploradores/moços.

As atividades ao ar livre são uma boa oportunidade para que as crianças/jovens conheçam o mundo que os rodeia e se sintam mais perto de Deus. É necessário estar atento aos pormenores, é aqui, ao ar livre, que o se torna visível a obra criadora de Deus.

O Explorador/Moço deverá perceber que as suas ações têm um impacto real no mundo à sua volta.

 

A Educação através da ação é uma caraterística fundamental do método escutista. Através do “Aprender Fazendo” o Explorador/Moço vai adquirindo cada vez mais autonomia no desempenho das suas tarefas, construindo os seus próprios conhecimentos e capacidades, através da experiência. Esta forma de aprendizagem implica a utilização do jogo, como uma ferramenta que auxilia o dirigente a educar melhor.

 

“O Sistema de Patrulhas é o principal motor do Escutismo, permitindo a cada Escuteiro encontrar o seu lugar entre os outros”. Este sistema ajuda ao desenvolvimento pessoal através do contato com os outros, estabelecendo relações e assumindo tarefas para a promoção do bem-comum.

O Sistema de Progresso tem como principal objetivo envolver o Explorador/Moço, de forma consciente e ativa, no seu próprio desenvolvimento, estando, assim, comprometido com o seu crescimento. É um sistema centrado no indivíduo e que considera as características de cada um. O Adulto tem um papel fundamental e muito exigente, estando sempre atento, para apoiar e orientar a criança/jovem.

No escutismo o Dirigente assume a responsabilidade da educação integral das crianças/jovens, através da aplicação do método escutista. Um dos pilares fundamentais do método é a relação de proximidade afetiva e pedagógica que se estabelece entre o adulto e a criança. Neste sentido, o dirigente é chamado a promover a autonomia dos seus elementos, de acordo com a respetiva maturidade, tendo consciência de que é sempre um exemplo.

Ultima atualização 04.11.2016 Visualizações 8702
Voltar Partilhar