© Bruna Coelho

O que fazemos

O Escutismo aposta no aprender fazendo. Através de atividades que são projetadas, desenvolvidas e implementadas tendo por base o método do projeto e o trabalho em equipa, procura-se que os escuteiros trabalhem as seguintes áreas de desenvolvimento: carácter, afetiva, intelectual, física, social e espiritual. Consoante as idades, estas atividades podem envolver construções, jogos, exploração, raides ou serviço comunitário, mas, acima de tudo, pretende-se que estas reflitam os desafios que os jovens encontram durante todo o seu percurso de vida, preparando-os para uma cidadania ativa, relação com o próximo, sustentabilidade ambiental e desenvolvimento pessoal integral. 

Quatro secções, um método

O método escutista, elemento pedagógico original e identitário do Escutismo, criado por Lord Baden-Powell of Gilwell, é um sistema de auto-educação progressiva, baseado em sete elementos igualmente relevantes, conforme a figura abaixo.

1.Lei e Promessa
Contribuir para a interiorização de regras sociais (através do jogo e dos valores universais), ajudando a desenvolver um código de conduta próprio ao qual voluntariamente aderem.

2.Sistema de Patrulhas
Proporcionar o crescer em pequenos grupos, onde a relação com os pares e o assumir de responsabilidades são componentes essenciais de um ensaio para a vida futura em sociedade.

3.Vida na Natureza
Beber o que a Natureza nos oferece, ambiente privilegiado onde as conquistas e os erros ganham igual valor pedagógico.

4.Mística e Simbologia
Transportar a criança/jovem da imaginação à realidade, dos heróis e das lendas às personagens de carne e osso, da história e da Fé para a vivência no Homem Novo.

5.Aprender Fazendo
A experimentação alarga horizontes, construindo conhecimento de forma prática e envolvendo a criança/jovem.

6.Sistema de Progressão Pessoal
Procurar ser cada vez mais e melhor, desafiando limites e estabelecendo novas metas a alcançar, tendo noção dos seus limites e das suas capacidades

7.Relação Educativa Jovem-Adulto
Construir uma relação de confiança com alguém que ajuda, prepara, apoia, encoraja, aconselha e educa.
Os escuteiros são uma força social que promove uma cultura de paz, formando os seus membros para que estes tenham uma contribuição construtiva nas suas comunidades.

Ultima atualização 24.11.2016 Visualizações 2030
Voltar Partilhar