© Gonçalo Vieira

Fixas e variáveis

Atividades fixas são as vividas quotidianamente, ou semanalmente, e apresentam habitualmente uma forma simples, relacionando-se com o mesmo assunto e realizando-se de forma contínua. São, regra geral, associadas à criação e manutenção do ambiente escutista e à gestão das suas estruturas, de modo a criar a atmosfera correta para a aplicação do método escutista. Ao assegurar a participação dos jovens, a tomada de decisões coletiva e a presença tangível de valores, contribuem para a concretização de objetivos educativos através de momentos tipicamente escutistas – reuniões de patrulha, jogos, vida em campo, fogos de conselho, etc..

Atividades variáveis são as vividas esporadicamente, ou mesmo uma única vez, podendo apresentar formas variadas e referir-se a assuntos diversificados, em função dos interesses das crianças e dos jovens. A respetiva repetição, caso desejada, ocorre num futuro espaçado e sem qualquer carácter cíclico. Contribuindo para o alcance claro e específico de um ou mais objetivos educativos, asseguram que o programa corresponde aos interesses e preocupações das crianças e jovens, projetando-os na diversidade do mundo.

O programa de atividades precisa de ser equilibrado entre estes dois tipos, para que não se caia em situações extremas; nem se tenha um programa assente sobretudo em atividades fixas [o qual se traduz num fechamento e auto-centramento da Unidade, que pode não estar a contribuir para o desenvolvimento harmonioso das crianças, para além dos riscos de obsolescência], nem, se tenha um programa assente sobretudo em atividades variáveis [em que assoma o risco de descaracterização da Unidade, afetando a totalidade da atmosfera educativa, pois a realização de atividades pode tornar-se um fim em si mesmo e não um meio para o desenvolvimento pessoal].
As atividades variáveis devem ser:

  • Desafiantes [devem envolver um desafio proporcional às capacidades dos jovens];
  • Úteis [devem ter como finalidade proporcionar experiências que levem a uma aprendizagem efetiva];
  • Gratificantes [os jovens devem sentir que irão alcançar qualquer coisa ou satisfazer algum tipo de desejo];
  • Atrativas [devem despertar o interesse e entusiasmo dos jovens].

A abrangência temática das atividades variáveis, que normalmente se realizam articuladamente, é tão ampla quanto o universo e imaginativa a humanidade, envolvendo – entre outros – os seguintes temas: técnicas manuais e competências, conhecimento e proteção da Natureza, direitos humanos e democracia, educação para a paz e desenvolvimento, desporto e aventura, expressões artísticas, serviço comunitário, interculturalidade.

Ultima atualização 07.11.2016 Visualizações 2022
Voltar Partilhar