© Nuno Perestrelo

Normas orientadoras

O acampamento educativo é, por excelência, e desde as origens, uma atividade fundamental na mis- são educativa do Escutismo, pois permite pôr em evidência e ação, de uma forma única, todos os elementos pedagógicos constituintes do método escutista. O acampamento educativo, vivido em plena comunhão com a natureza, criação de Deus, e em ambiente que corresponda às mais básicas – mas fundamentais – necessidades de bem-estar e de segurança, carece de espaços adequados para a sua realização. Espaços cuja existência em espaços naturais, públicos ou privados, nem sempre se encontra assegurada ou que carecem de adequada veri cação prévia e de autorização expressa.

Neste contexto, a existência de um conjunto amplo, disperso e diversi cado de espaços previa- mente de nidos, infra-estruturados e preparados para a realização de acampamentos educativos - os Centros e Campos Escutistas - constitui uma inestimável mais-valia para o Corpo Nacional de Escutas e para a missão educativa que este realiza nas suas unidades escutistas.

Um Centro ou Campo Escutista é um espaço privilegiado, onde todos os associados têm à sua disposição um vasto leque de recursos e meios, tanto humanos como de equipamentos, os quais permitam realizar em condições adequadas acampamentos educativos e outras atividades escutistas, contribuindo para o desenvolvimento e educação dos jovens, através da educação integral preconi- zada pelo método escutista. Os Centros e Campos Escutistas devem, assim, possuir características físicas que permitem desenvolver atividades que visem o desenvolvimento físico, psíquico, social e espiritual das crianças e jovens escuteiros, enquadradas no sistema pedagógico e que permi- tam aos escuteiros uma evolução dentro do sistema de progresso. As referidas atividades deverão repercutir o desenvolvimento pessoal, conforme descrito abaixo:

Desenvolvimento afectivo (os sentimentos e as emoções)
Desenvolvimento social (a integração social)
Desenvolvimento intelectual (a inteligência)
Desenvolvimento físico (o corpo)
Desenvolvimento do carácter (a atitude)
Desenvolvimento espiritual (o sentido de Deus)

Os Centros e Campos Escutistas devem privilegiar a implementação do método escutista, elemento original e identitário do Escutismo, baseado em sete elementos (as sete maravilhas do método escutista).

esquemas

Ao estar inserido sicamente numa determinada localidade, o Centro ou Campo Escutista deve estar integrado na comunidade local, assumindo-se como fator de desenvolvimento da mesma. Sempre que possível, o Centro ou Campo Escutista deve colocar-se ao serviço da comunidade, proporcionando às crianças e jovens que lá realizam atividades, oportunidades para a prestação de serviço à comunidade envolvente. As atividades especí cas de cada Centro ou Campo Escutista (atividades pré-preparadas) devem também focar as tradições e/ou pontos de interesse da região, sendo que poderão ser aproveitadas as ações já implementadas (ex.: passeios já organizados, per- cursos pedestres já de nidos, roteiros culturais, etc.).

Os Centros e Campos Escutistas são, pois, um lugar importante para a formação de jovens e diri- gentes, devendo disponibilizar uma oferta pedagógica de qualidade em termos de atividades di- versi cadas, no tempo e no espaço, para todas as secções, de modo a que as Unidades possam concretizar os objetivos delineados para as suas atividades.

Sendo os Centros e Campos Escutistas locais por excelência para a “formação em situação real”, estes espaços devem merecer das respetivas direções uma atenção especial de modo a que a sua dinâmica pedagógica interna seja um modelo para a ação prática dos dirigentes na animação das unidades e por conseguinte na sua própria formação enquanto animadores adultos.

O funcionamento dos Centros e Campos Escutistas, e toda a sua ação, processa-se de acordo com os princípios gerais do método pedagógico escutista, a espiritualidade e a vivência dos valores próprios do Escutismo Católico, pelo que toda a atividade neles desenvolvida tem em consideração o cumprimento do Regulamento Geral do Corpo Nacional de Escutas – Escutismo Católico Português e o respeito pelo enquadramento legal relevante.

Ultima atualização 16.11.2016 Visualizações 2305
Voltar Partilhar