© Nuno Perestrelo

Discernimento

Finalidade

O período do Discernimento, com uma duração normal de seis meses a um ano, visa propiciar ao Candidato a Dirigente – integrado na Equipa de Animação de uma Unidade – uma vivência experiencial, a qual permite ao mesmo tempo conhecer o que é ser Adulto no Escutismo e aperceber-se se aquela missão corresponde à sua vocação pessoal; e, simultaneamente, permite ao Agrupamento aferir das qualidades e adequação do Candidato a Dirigente à missão que lhe virá a ser confiada enquanto Dirigente do Corpo Nacional de Escutas.

Tutoria

1 - Finalidade
A Tutoria, exercida por um Tutor Local que acompanha o Candidato a Dirigente ao longo deste período em que este se encontra já integrado numa Equipa de Animação de uma Unidade, visa assegurar-lhe um acompanhamento formativo pessoal em termos de orientação, progressão e avaliação.

2 - Tutor
O Tutor Local de Formação deve, idealmente, ser o Dirigente a quem o Candidato a Dirigente vai reportar em termos da Equipa de Animação em que se encontra integrado, ou o Chefe de Agrupamento.
Para o exercício das suas funções deve ter formação básica nas áreas de tutoria e de acompanhamento ativo em formação.

3 - Animação
A animação da Tutoria deve assegurar todas as funções e os encargos próprios do Tutor, ou que lhe sejam cometidos, procurando fazê-lo de um modo personalizado que se consubstancia numa caminhada conjunta entre o Tutor e o Candidato a Dirigente.

Ultima atualização 24.11.2016 Visualizações 1946
Voltar Partilhar